segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

O REINO DO CETRO - CapítuloDois

Capítulo DOIS

Duryn


Alexia tinha uma irmã mais nova, de nome Nínive, e pela idade dela, 11 anos, era muito esperta. E é claro que Alexia era para ela uma heroína. Eram grandes amigas, apesar da diferença de idade.

Nínive tinha os cabelos castanhos, quase da cor do mel, e nisso se parecia com sua mãe, os cabelos compridos sempre em tranças e uma pequena tiara a adornar a pequena cabeça. Também tinha os mesmos olhos de sua mãe e o mesmo temperamento.

Espevitada como só ela, vivia fazendo brincadeiras e deixando as suas criadas de cabelo em pé, literalmente. Mas ninguém reclamava, pois era uma menina muito doce e as brincadeiras refletiam que ela se importava com todo mundo.

E toda aquela situação de pré-festa e, principalmente, a questão de que sua irmã poderia se tornar noiva ainda durante a festa fez Nínive ficar em polvorosa.

- Uau, nunca vi uma festa desse nível. Vai vir gente de todo lugar. Pessoas novas. Vai ser muito legal. - Falava entusiasmada.

- Sim, minha irmãzinha querida, será uma festa daquelas. Uma festa para não se esquecer tão cedo. Mas lembre-se que daqui a alguns anos será sua vez. Então aproveite agora que é uma criança e só se divirta tá?

- Pode deixar Alexia, acha que quero ficar noiva logo é? Nananinanão. - Disse fazendo o gesto com o dedo indicador negativamente e rindo mais do que tudo.

Nínive também estava ansiosa pelas crianças de sua idade que viriam para a festa. Com certeza iriam se divertir muito. E se tivesse um príncipe bonitinho seria melhor ainda. Poderia ser seu par de danças.

O palácio estava em polvorosa. Provavelmente não havia ninguém que estivesse ocioso, todos estavam trabalhando para que a festa não fracassasse. Os cozinheiros estavam muito ocupados preparando os melhores pratos que havia no cardápio. Só coisa fina, o melhor para os convidados. As empregadas cuidavam para que tudo estivesse limpo e brilhando. As pratarias, os talheres, copos, taças, os móveis. Tudo tinha que ficar impecável.

Alexia pessoalmente cuidava de cada detalhe. Seu pai, o Rei estava cuidando da parte diplomática. Quem vinha e quem seriam os possíveis candidatos para noivo de Alexia, os presentes que cada Casa de Poder traria. Os representantes de cada região do planeta foram convidados. Ninguém ficou de fora, nem mesmo o povo.

Enquanto haveria uma festa no palácio, ao redor dele colocariam várias tendas com tudo que havia de bom para o povo, comida, jogos, brincadeiras, espetáculos de teatro, magia e outros.

Mas diante do que seu Capitão de Guarda havia dito, precisava também se preocupar, e muito, com a segurança. Todos os soldados e aqueles que estavam na reserva foram chamados. A segurança teria que ser perfeita. Apesar de que não esperava que algo acontecesse na festa.


O castelo ficava em uma colina, muito bem guardado pela frente e tendo um abismo no fundo, ou seja, se alguém resolvesse invadir teria que ser pela frente. Era praticamente impossível chegar pelos fundos.

A frente do castelo apresentava uma pradaria vasta, e ao longo do caminho havia várias casas de camponeses e profissionais de várias áreas que trabalhavam no castelo.

Um pouco mais distante ficava a primeira cidade de Duryn, Argento. Tinha esse nome por conta de suas minas de prata e era a cidade que fornecia toda a prataria para o castelo. E onde ficavam os mais habilidosos artesãos de Duryn. Eram verdadeiros artistas em modelar qualquer coisa com prata.

Além da prata, eram hábeis em fabricar armas, as quais abasteciam o castelo de Geldar.
Após a grande guerra que quase destruiu Duryn, todo o planeta foi reconstruído. Por via das dúvidas, mesmo que vivessem um período de paz, sempre estavam preparados para qualquer eventualidade, crise ou fato mais belicoso que aparecesse.

Em suma, eram tempos de paz, mas não estavam completamente desprevenidos.

Era por isso que Geldar estava sempre em forma. Não queria enfrentar uma crise, se houvesse, sem preparo. Mas no momento sua preocupação eram suas filhas. Alexia era uma moça bondosa e gentil, educada. Mas tinha um gênio forte, herdado da Rainha Máxima, esposa falecida do Rei Geldar.

Imagine se não conseguisse se interessar por alguém na festa. Seria complicado administrar essa situação. Todos das Casas e Reinos estavam aguardando ansiosamente por essa ocasião. Fora que era uma chance de uma nova aliança e a paz continuar prosperando.

- Ora, ora, ora. Quem eu vejo se aproximando. A minha filha mais querida e amada. - Disse Geldar sorrindo em direção à Nínive.

- Ah Pai, para com isso. Eu nem sou a única filha que o Senhor tem. - Respondeu Nínive fazendo uma careta e colocando a língua para fora.

- Olha que isso não é cara que uma princesa deve fazer. - Disse, se abaixando e pegando a filha no colo.

Nínive fez um carinho no cabelo do seu pai e deu um beijo na bochecha. Amava demais o pai, mas não conseguia se lembrar de sua mãe. Na realidade não tinha como se lembrar. A Rainha Máxima morrera no parto de Nínive.

Os médicos reais tentaram de tudo para salvar a vida da Rainha, mas infelizmente ela veio a falecer. Foi um dia muito triste em Duryn. Todos do reino compareceram ao seu sepultamento. Era uma Rainha muito boa e generosa. Todos gostavam muito dela e a viam como uma grande mãe. O Rei Geldar estava ao lado do sepulcro, um Mausóleu que mandou construir especialmente para sua esposa, segurando Nínive no colo e com Alexia, então com nove anos, ao seu lado. Era uma construção que ficava no alto da colina, onde todos poderiam ver e admirar. Ficava também de um jeito que não tinha nada que prendesse. Uma edificação única. Geldar não quis sepultar Máxima dentro do palácio. Por dois motivos: o primeiro era que lhe faria triste todos os dias de sua vida e o segundo é que Máxima era uma criatura livre, e assim deveria ser também sua última morada.

Quando Geldar conheceu Máxima, justamente em seu baile real de aniversário, foi amor à primeira vista. Ele estava completando 21 anos, e vestia sua roupa de gala. Estava um verdadeiro príncipe. Mas depois que colocou os olhos em Máxima, não olhou mais para ninguém. E assim também aconteceu com ela. E olha que estavam presentes as filhas de todas as Casas e Reinos distantes e eram todas belíssimas. Dançaram a noite toda e se for possível afirmar, não se largaram em momento algum.

Máxima tinha 19 anos, alta, cabelos castanhos claros, quase da cor do mel, cabelos em trança até abaixo da cintura, um porte elegante e usava uma tiara de diamantes na cabeça. Já se portava como uma rainha. Os pais de ambos imediatamente sentiram que sairia casamento dali e já tomaram todas as medidas para isso acontecer, mesmo sem saber se Geldar e Máxima realmente ficariam juntos.

Nem precisava. Seis meses depois estavam casados e dois anos depois nascia sua primeira filha: Alexia.

E agora via Máxima em Nínive. Era impressionante como era parecida com a mãe. O mesmo porte, o mesmo temperamento. E esperava que ela tivesse sorte em encontrar o seu grande amor do mesmo jeito que ele há 23 anos. Ao mesmo tempo não queria que isso acontecesse e sua filha ficasse debaixo de suas asas por muito mais tempo. Mas isso era egoísmo de sua parte. Amava demais suas filhas. E fazia de tudo para que fossem felizes.

Colocou novamente Nínive no chão e mandou que ela fosse verificar se não havia nada que tivesse deixado de fazer dos seus afazeres.

- Ah, pai, sabe que nunca deixo nada para trás. - Resmungou Nínive.

- Eu sei, mas você sabe que estamos em dias pré-festa e então está tudo meio bagunçado. É bom ter certeza de tudo, certo?

- Tá bom. - Falou, com um muxoxo. E assim foi até o seu quarto verificar se tinha alguma coisa a fazer.

Geldar seguiu o seu caminho e encontrou-se com Avalon, seu administrador.

- Meu caro Avalon, como estão os preparativos para o baile? - Perguntou o rei.

- Majestade... - Disse Avalon, fazendo uma mesura para o rei. – Não poderiam estar melhores. Apesar da correria tudo está dentro do que foi planejado. Nada faltará...

- Veja que eles começam a chegar dentro de três dias. E no dia seguinte já é o baile, à noite.

- Majestade, como eu disse, está tudo correndo dentro do planejado. Eu lhe garanto, nada vai faltar aos seus convidados. Os quartos estão todos preparados para recebê-los, os criados que ficarão à disposição. Tudo deve transcorrer na mais perfeita harmonia.

- Muito bem, meu Caro Avalon. Eu confio em você sempre. Então. Não quero mais lhe atrapalhar. Com licença. - E o rei saiu para o seu escritório.

Lá se sentou à sua mesa e da grande janela que tinha às suas costas, virou-se e olhou através dela. Colocou a mão direita no queixo e ficou pensando. Apesar de ser uma semana festiva estava preocupado. Alguém estava aumentando seu exército. Apesar de isso não ter sido ainda confirmar era alarmante. Até agora, em todo esse tempo em que era o soberano de Duryn, nenhuma Casa ou Reino havia feito isso, até porque não havia motivação para tal manobra. Tocou uma sineta e mandou seu criado pessoal chamar o seu Capitão da Guarda, Santo.

Não demorou muito e Santo chegou.

- Chamou Alteza?

- Sim meu amigo. Alguma notícia sobre quem estaria criando um exército? – perguntou ele ao seu Chefe da Guarda.

- Não. Tudo o que temos são rumores. Pode nem ser verdade. Parece coisa de fofoca. Alguns de meus homens que conversaram com seus informantes não conseguiram confirmar a veracidade da história. Até lá estamos tratando como apenas rumor.

- Muito bem. Eu confio em você. – disse, colocando a sua mão no ombro do capitão de sua guarda. - Então por enquanto a única preocupação que nós temos é somente com a festa de aniversário da minha filha.

- Sim senhor. Durante as festas vou deixar meu filho Alex como protetor da princesa. Ele é capaz e desempenhará muito bem sua função.

- Seu filho será um grande guerreiro. Igual ao pai.

- E ele está à altura da minha função.

- Tenho certeza disso. E agora vamos pensar na festa. Você viu a lista? Tem alguma objeção? – perguntou muito curioso.

- Até agora não. Só virão para o palácio os senhores de cada Casa Real de Poder ou dos Reinos dos planetas próximos. Cada um apresentará formalmente o seu filho, que, evidentemente, será um candidato a marido da princesa. Evidentemente que cada delegação trará uma pequena comitiva.

- Eu sei Santo. Nem me lembre disso. E espero que ela consiga encontrar alguém e que seja tão feliz quanto eu fui com a mãe dela.


-x-x-

40 comentários:

  1. O livro realmente parece ser incrível, quero mais.
    isanaestante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabelle,
      Só acompanhar aqui no blog ou no wattpad todos os capítulos que serão postados regularmente.
      bjs

      Excluir
  2. Olá Antonio! Acho incrível quem tem o dom de colocar em letras o que permeia sua mente e o trazer a realidade. sua escrita é fluida, e nos coloca dentro da cena. Parabéns! essa capa que vc escolheu é linda, e ela por si só já chama atenção. Que vc consiga sucesso em seus escritos, e espero que em breve vc possa nos prestigiar como mais um autor a ser publicado da literatura nacional.
    Eykler
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eykler,
      Obrigado, fico feliz que tenha gostado. Eu já tenho um livro publicado, HOTEL VITÓRIA que já está à venda na www.editoramaresia.com.
      bjs

      Excluir
  3. Oie, tudo bem ? Achei interessante o nome do livro e pelo que li faz meu estilo, ahhh fiquei querendo ler mais. Você escreve bem, a leitura é fácil, gostei da narrativa.
    beijos

    www.somandoconhecimento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Suzi,
      Para acompanhar os capítulos serão postados com regularidade. E Obrigado por ter gostado.
      bjs

      Excluir
  4. Oiee ^^
    Não sei se já disse que não sou muito fã de histórias com reis e coisas do tipo, mas fiquei bastante interessada nesta. Li o 3º capítulo antes do 2º, então acho que vou precisar ler tudo de novo...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dryh,
      É só voltar um pouco e ler os capítulos anteriores. hehehe. serão postados regularmente, pode acompanhar.
      bjs

      Excluir
  5. Olá Antonio! Gostei da capa e da sua escrita, fiquei encantada pelos personagens e gostei mais ainda dos nomes,espero poder ler mais, Sucesso
    porque talento pra isso você tem.

    BEIJOSSsss...
    http://sonhosdeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janaina,
      Muito obrigado, pode acompanhar que os capítulos serão postados regularmente.
      bjs

      Excluir
  6. Oi, Antonio!
    Achei muito fofa a sua descrição sobre o romance do rei… :) Dá para notar que seu coração pertence à rainha e o quanto se orgulha da filha, fruto desse amor. Só espero que a princesa seja protegida como deve! (rs)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran,
      Pode apostar que Alexia terá a melhor proteção que ela poderia querer e merece. hehehehe. continue acompanhando.
      bjs

      Excluir
  7. Olá Antonio!
    Adoro histórias de reis, príncipes e princesas, e a sua história está me cativando. Fiquei bastante curiosa para saber se a princesa encontrará um noivo, e gostei muito de saber sobre o romance do rei.
    Parabéns pelo seu dom de criar uma história tão interessante quanto essa. Aguardo ansiosa pelos próximos capítulos!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Obrigado, espero que continue acompanhando. A Alexia encontrará sim o seu noivo e orgulhará seu pai. Fico feliz que tenha gostado.
      bjs

      Excluir
  8. Oi Antonio...
    Que legal que você escreve. Eu tenho um romance em fase final já que espero enviar para as editoras ainda neste semestre.. A história em si já terminei, só estou dando os retoques finais..
    Muito bacana o tema que vc está desenvolvendo. Apesar de não ter lido o primeiro capítulo me interessei bastante.
    Irei acompanhar =]

    Bjo
    escritaseleituras.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Pamella,
      Então, eu já tenho um livro publicado, o HOTEL VITÓRIA, que já está disponível pela editora Maresia. E se puder publique o seu livro sim, dou o maior apoio. e espero que continua acompanhando esta minha nova estória. os capítulos serão postados com regularidade.
      bjs

      Excluir
  9. Oi, Antonio! Você escreve super bem. Parabéns! Adorei esse capítulo. Sua narrativa é muito fluída e deixa a gente ansiando por mais rs. Gostei principalmente da cumplicidade entre Alexia e Nínive. Também tenho uma irmã de 11 anos e sei o quanto é incrível :) Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Camila,
      Obrigado pelo elogio. E Eu tenho uma filha com essa idade, e foi nela que me inspirei. espero que continue acompanhando.
      bjs

      Excluir
  10. Antonio como sempre seus texto perfeitos e uma escrita limpa, vou ler o primeiro capítulo para acompanhar a histporia completa e nçao me perder. Já gostei dos magos e Reis. abraços

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joyce,
      Sempre gentil, fico feliz que tenha gostado e espero que continue acompanhando.
      bjs

      Excluir
  11. Oi Antonio, meus parabens... você realmente escreve muito bem!!
    Aguardando ansiosamente por mais.

    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Mayara,
      obrigado, e espero que continue acompanhando.
      bjs

      Excluir
  12. Oii Antonio!

    Parabéns pelo livro! Adorei a escrita, espero que faça sucesso esse livro!
    Aguardo por mais.

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Kamila,
      Eu também espero que faça sucesso hehehe. Obrigado e espero que continue acompanhando.
      bjs

      Excluir
  13. Olá Antonio!
    Adorei esse segundo capítulo e tenho que te parabenizar: você escreve super bem! =)
    Eu queria ter a sua coragem para publicar mais meus textos no blog... sinto que perdi isso com o tempo!
    Beijos
    Nica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mônica,
      Obrigado pelo elogio, e publique os seus textos, vai gostar da sensação. eu tb não tinha coragem e passei a postar no blog e foi muito bom.
      bjs

      Excluir
  14. Oie, Antonio!
    Tenho que correr pra ler o capítulo um, isso sim. Mas o que li do capítulo dois já deu para ver que você escreve bem demais, olha. Fiquei curiosa sobre o seu livro. Quando essa época de provas da minha faculdade passar, vou atrás dele porque quero muito lê-lo.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Celly,
      sempre gentil. e espero que acompanhe, vai sair os capítulos regularmente aqui no blog e no wattpad.
      bjs

      Excluir
  15. Oi tudo bem?
    A cada capitulo a trama fica mais interessante, parabéns pela escrita

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Pah,
      e vai ficar mais interessante ainda, estes capítulos estão só no início, no wattpad o livro está mais adiante. é só acompanhar.
      bjs

      Excluir
  16. Oiiiii, Antônio, tudo bem?

    É uma trama épica?Me pareceu ser e amei a sua escrita, ótima como sempre.
    O amor do rei pela rainha que se foi e pelas filhas é palpável,estou curiosa para saber se o reino core perigo e se a princesa irá escolher um noivo.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Simeia,
      é sim, uma trama épica de fantasia. O Rei realmente ama demais suas princesas e ainda ama a rainha perdida. Obrigado pelo carinho.
      bjs

      Excluir
  17. Oie, tudo bom?
    Desculpe, mas não estou acompanhando a publicação dos capítulos. Esse ano quero ler mais obras publicadas por meio do Wattpad e vou conferir seus textos também.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Pode conferir no wattpad sim, aliás, lá os capítulos estão até mais adiantados.
      bjs

      Excluir
  18. Oiee Antonio, tudo bem?

    Mais um trechinho que só deixa a gente morrendo de vontade de saber tudo o que vai acontecer com a história. Prevejo muitas reviravoltas =P. Parabéns pelo talento

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kel,
      Sim, estou ótimo. Obrigado pelo carinho. A historia terá muitas reviravoltas hehehehe.
      bjs

      Excluir
  19. Preciso ler os textos na ordem certa,mas pelo que li nesse sei que vou adorar a história,muito bem escrita e me cativou...

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Biazinha,
      obrigado, que bom que gostou, pode acompanhar que os capítulos estão sendo postados regularmente.
      bjs

      Excluir
  20. Olá Antonio!
    É impressão minha, o layout mudo.
    Ficou muito lindo.
    Os seus textos são maravilhosos. Gostei bastante.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suelen
      mudou sim, e ainda vai mudar mais ainda. este é um lay de transição. Obrigado pelo carinho de sempre. continue acompanhando, se possível.
      bjs

      Excluir

Obrigado por nos enviar uma mensagem!