domingo, 15 de março de 2015

O REINO DO CETRO - Capítulo Quatro

Capítulo QUATRO
Duryn



A
lex se aproximou de Alexia que estava passeando pelo jardim do palácio, um belo e imenso local, com flores exóticas de Duryn e de outros reinos. Tinha flores de todos os tamanhos, da mais simples, quase do tamanho de uma unha, até as mais poderosas, altas, gigantes. E mesmo as flores maiores tinham um odor delicado.

Era um dos locais favoritos da princesa. Sempre que ela tinha um tempo com sua mãe era onde passeavam. O Jardim tinha um imenso efeito de produzir uma calma em Alexia. Desde que sua mãe se fora, quando estava triste, ou com alguma angústia, era justamente no Jardim do Palácio que ela ia.

Ela se sentou em um banco, localizado bem no meio do jardim. Fechou os olhos e tentou se acalmar. A iminência da festa a estava deixando nervosa. Era quase uma missão ter que gostar de alguém e encontrar um pretendente ao seu coração. Apesar de que o seu pai não disse que seria uma obrigação. A festa seria impreterivelmente para apresentar possíveis candidatos, mas não disse se ela teria que escolher justamente na festa. E ela já tinha alguém em seu coração. E isso era o que mais doía. Como escolher alguém se o seu favorito não estaria ali? Ao menos para ser apresentado como candidato ao seu coração?

Como se tivesse ouvindo seus pensamentos, Alex se sentou bem próximo da princesa, tomou sua mão, com muito carinho e disse:

- Fui designado para ser o seu suporte e sua proteção durante a festa.

Alexia abriu os olhos, vislumbrou aqueles profundos olhos azuis e deu um sorriso.

- Eu tinha certeza disso. Seu pai e o meu são muito previsíveis. Não iriam me deixar sem proteção em nenhum momento da festa.

- Mas é claro. E eu fiquei muito feliz com essa designação. Assim ao menos de alguma forma estarei presente e próximo.

- Só não será como eu desejaria. Infelizmente. – disse a princesa, baixando a cabeça e os olhos, não querendo encarar o filho do Chefe da Guarda. Percebeu que mesmo sob luvas as mãos de Alex estavam quentes.

- Eu fiz um juramento quando entrei para a Guarda. E reitero que darei minha vida pelo Reino. E por você.

Ao dizer isso pegou o queixo de Alexia e levantou o rosto, olhando firme para aqueles olhos azuis que estavam marejados.

- Ao menos teremos um ao outro, sempre. Porque mesmo casando, você terá que permanecer no castelo com seu marido. E eu continuarei a ser sua sombra e sua proteção. – disse ele.

- Um consolo muito fugaz. É nessa hora que eu não queria ser uma princesa. E tomar minhas próprias decisões.

O dia estava ensolarado, mas para Alexia parecia que estava cinza e nublado. Sua alegria estava esvaindo... Por mais que amasse o pai e que ele fosse bom para ela não teve coragem de dizer que já amava outra pessoa. Que seu coração já estava preenchido. Sabia, no entanto, que seu pai sempre fora um homem de ordem, de seguir as tradições. E nisso ele era inflexível. Só esperava que sua irmã Nínive tivesse mais sorte do que ela e escolhesse com sabedoria o seu futuro marido, quando chegasse a hora.

A Alexia só se esperava que mantivesse a tradição.

- Aproveite a festa. Será muito boa. E convenhamos, é só sua primeira festa nesse nível. Poderá haver outras e qualquer coisa diga a seu pai que ficou em dúvida e não pode escolher ninguém agora.

- Não tinha pensado nisso. Papai disse também que não era exatamente uma obrigação. Posso ganhar algum tempo. E depois, quem pode dizer que esses pretendentes não sejam feios, péssimos exemplos? – disse se animando.

- Então. Divirta-se. A festa é toda sua.

- Mas ainda assim fico ansiosa. O que os outros pensarão? Que não são bons o suficiente para mim?

- Exatamente. Não são e nunca serão. – disse Alex com um riso cínico de lado. E Alexia amava aquele sorriso. Era quando ele se sentia o máximo. Alex não era arrogante, mas tinha uma auto-estima que ela não encontrava em mais ninguém. E era por isso que ele seria um substituto a altura de seu pai, talvez até melhor. – Como eu disse e repito: aproveite a festa. Se não podemos estar juntos como queremos, estaremos por força da tradição. E outra. Fale com Nínive, ela será o centro da festa, pode apostar nisso. – finalizou dando uma risada.

- É bem capaz mesmo, aquela menina é durona, pode muito bem virar o mundo de cabeça para baixo. – disse abrindo um sorriso.

- Agora deixe-me ir que tenho muita coisa para fazer, já está quase na hora, dentro em pouco começam a chegar os convidados principais. E meu pai ainda tem que inspecionar os guardas e a segurança do castelo e dos arredores. Afinal, terá festa aqui no castelo e fora dele, tudo em sua homenagem Princesa.

- Humpf! Não gosto quando me chama de Princesa!! Fica muito formal. – fez uma careta, emburrada.

- Mas você É a Princesa e o castelo, meu amor, tem muitos olhos e ouvidos.

Alex se despediu de Alexia e se dirigiu ao escritório de seu pai. Tinha muita coisa para fazer. Nunca tinham recebido tanta gente e a guarda foi redobrada. A segurança tinha que ser perfeita.

Alexia, renovada, levantou-se, e foi encontrar-se com Nínive. Ela teria uma missão muito fácil para sua idade. Aparecer e ser a estrela da festa. Já até via a espoleta de sua irmã aprontando muito.

Depois de conversa a sós que teve com sua irmã, Alexia foi para o seu quarto, tinha algumas horas e com a chegada das criadas foi se preparar para a recepção de alguns convidados que chegariam naquele dia.

Não encontrou mais com seu pai. Devia estar ocupado. Muito ocupado. Ele é que faria a recepção dos convidados, que com certeza já estavam a caminho.

Teria que estar bela, para impressionar os pretendentes, mas ela só pensava em Alex. É para ele que ela ficaria bela. Mesmo que ele não chegasse perto dela, no entanto o baile de apresentação só seria no dia seguinte, quando de fato completasse os 21 anos, mas as festas começariam um dia antes. Já dava para ouvir o alarido do lado de fora do castelo. Muitas pessoas do povo já estavam lá, desde cedo, para homenageá-la e estavam acampadas. Comida e festa não faltariam. Por todos os lados havia animais sendo abatidos para servirem ao povo. Além de muito hidromel e vinho.

E pensar que isso se repetiria dentro de dez anos, quando Nínive completasse os 21 anos. Aí seria a vez de ela escolher o seu marido. Ou talvez não. Quem sabe. Muita coisa poderia acontecer até lá e ao menos essa parte poderia não ser mais tradição.


-x-x-


30 comentários:

  1. Li, mas me perdi um pouco pois não peguei tudo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, só recuperar o tempo, os outros capitulos estão postados.
      bjs

      Excluir
  2. Oi, Antonio!
    Fiquei curiosa para saber o que acontece com Alex e Alexia *>*
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Babi,
      Só continuar lendo, eles vão passar por algumas dificuldades.
      bjs

      Excluir
  3. Confesso que não li por estar no capitulo 4.
    Quero ter tempo e sentar e pegar no inicio
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brubs,
      todos os capitulos anteriores estão postados, fique à vontade.
      bjs

      Excluir
  4. Olá!

    Entrei no seu blog pela primeira vez hoje, então não vi os outros posts, prometo que verei!

    Abraços, Heitor Botti
    shakedepalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Heitor,
      só acompanhar os capítulos que estão sendo postados regularmente.
      um abraço,

      Excluir
  5. Olá Antonio! Acompanhando e ansiosa pelo próximo capitulo, tadinha da Alexia e do Alex.
    BEIJOSSsss...

    sonhos de leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janaina,
      Que maravilha, vamos continuar torcendo pelo casal...mas vão ter turbulências.
      bjs

      Excluir
  6. Oii Antonio!

    Estou ansiosa para ler os próximos capítulos! Você escreve muito bem! Muito sucesso para você :33

    Beijos, Amanda
    www.facebook.com/coisadeleitor135

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda,
      obrigado e continue acompanhando, os capítulos saem regularmente.
      bjs

      Excluir
  7. Olá tudo bem?
    Muito bom esse capítulo, pena que eu não li os anteriores para entender melhor o contexto. Sua escrita é excelente, bjus!!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      obrigado, os capítulos anteriores estão postados na seção MEUS TEXTOS.. só acompanhar.
      bjs

      Excluir
  8. Oi Antonio tudo bem?
    Parabéns pelo novo capitulo, estou gostando bastante de acompanhar
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  9. Olá!!

    Eu gostei deste capítulo e vou tentar me organizar aqui para ler todos, sua história me deixou curiosa... Legal! Já pensou em publicar no Wattpad?

    Beijos!

    www.escrevarte.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nadja,
      Olha só que curioso, estou postando este livro no Wattpad. pode acompanhar aqui e lá... (no wattpad a história está mais adiantada).
      obrigado,
      bjs

      Excluir
  10. Oie, tudo bom?
    Não estou acompanhando os capítulos divulgados, porém espero que esteja gerando muita repercussão. Sucesso!
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      o livro está sendo bem aceito no Wattpad, obrigado. pode acompanhar aqui ou naquela plataforma.
      bjs

      Excluir
  11. Olá.. tudo bem??

    Acho que li o primeiro capítulo... e gostei... pelo que percebi ainda não mudou muita coisa.. já que não estou acompanhando todos... mas pelo que percebi Alexia está muito apreensiva com essa festa afinal ela ama Alex, mas não sei porque eu senti que vem vindo um triangulo amoroso por ai... talvez um pretendente para Alexia... xero!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diana,
      o livro está no início ... aqui... no Wattpad está mais adiantado e já aconteceu muita coisa. Alexia vai ter mais do que uma possível escolha na festa...
      bjs

      Excluir
  12. Oi Antonio...
    Sua história está ficando casa vez melhor. ..
    Gostei muito desse capitulo e ja estou aguardando o proximo curiosa para ver o que vai acontecer...


    beijos
    Mayara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayara,
      continue acompanhando... muita coisa vai acontecer...
      bjs

      Excluir
  13. Oi Tony!
    Perdi os primeiros capítulos! Vou voltar e ler tudo e depois conto que achei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Pelo visto Alex só se importa em poder ficar perto de Alexia de qualquer forma em, será que não vai ter jeito desses dois ficarem juntos em?

    Sucesso nos próximos capítulos Antonio.

    Abraço,
    Diego de França
    www.leitorsagaz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Diego,
      obrigado, muita coisa vai rolar, e para ficarem juntos ainda vão ter que passar por muita coisa.
      um abraço,

      Excluir
  15. Eu sempre pego as história em capítulos diferentes, fiquei meio deslocado, mas já vou procurar os outrso capítulos para ler.
    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos Henrique,
      só ir na seção MEUS TEXTOS e achar lá O REINO DO CETRO e verá todos os capítulos já postados.
      um abraço,

      Excluir

Obrigado por nos enviar uma mensagem!